28-10-2006 @ Bar do Bairro – Impressões

Esta foi outra noite que correu bastante bem, tanto a nível pessoal como no resto. O alinhamento andou a saltar por géneros como já é costume e tanto se teve partes mais dançáveis focadas na electrónica, algumas delas bem “hard”, como outras mais intimistas.

Apesar de tudo é com alguma pena que vejo algumas pessoas perdidas em caminhos que não percebo, e que sinceramente não quero também perceber. Por um lado temos pessoas que me conhecem há vários anos e continuam a ter uma ideia totalmente alienada do som que passo apesar de já me terem visto meter música algumas vezes lol. Por outro temos as pessoas que se queixam sempre que não houvem x tipo de som, que sentem falta de x tipo de ambientes, mas depois nas horas não aparecem e vão para outras paragens, para depois chegarem ao pé de ti e queixarem-se que tiveram em x sítio e tiveram mais uma noite de merda. Pá, phucking wake up de uma vez é só o que tenho a dizer. E isto já é uma história que vem de há muitos anos ainda por cima, e já nem há desculpas como o BB ou isso não ter pista de dança. Incógnito, Ateneu etc tinham pista e nem assim muito deste “pessoal” meteu lá os pés, como tal acho que isto já é uma espécie de negação qualquer crónica. Por mim é na boa e cada um faz o que quer da sua vida, não cheguem é ao pé de mim depois com as tais desculpas porque isso definitivamente irrita-me.

Em jeito de paradoxo disto tudo, ontem no BB houve novamente algumas pessoas que vieram ter comigo, desde darem-me os parabéns e fazerem-me corar no processo, a simplesmente falarem comigo na boa. E o tal paradoxo é que muitas são clientes habituais da casa e têm já mais noção da minha onda e cena do que própriamente as tais que me conhecem há mais tempo. Um exemplo foi a questão da música, que me disseram terem notado nas últimas vezes que as noites têm sido fixes mas que houve um claro aumento da vertente electrónica, mas sem haver um detrimento do resto e da variedade do costume, acabando por me pedirem Madredeus no final depois 0_o. Estavam lá a curtir e realmente já me conhecem uma beca a nível do som e noutras coisas. “ya, já reparei que estás sempre na tua e bue na boa”. Oh yeah.

Em ligação ao post anterior neste site e a noite ter sido dedicada à minha gata, noutro momento bem disposto da noite houve alguém que me perguntou acerca da minha namorada e eu respondi que neste momento sou fiel à minha gata lol. 😛

Com a mudança da hora houve direito a mais uma horita de som e mesmo assim decidi começar bastante cedo, pouco passava das 23h e com poucas pessoas ainda presentes. O começo foi logo meio acelerado após a intro, tendo havido de tudo um pouco nesta noite em termos de vertentes sonoras, sendo que o começar cedo é algo que costumo fazer não só porque continuo com a mesma pica de sempre, mas também porque não sou apologista das noites começarem apenas às tantas da manhã, o que vendo em Praga que as noites lá começam às 22h só incentivou ainda mais a seguir essa onda de começar mais cedo depois da minha estadia na cidade. Mas também porque é querer dar um incentivo a quem aparece a essas horas, assim com uma espécie de recompensa e agradecimento a quem lá está. É o mínimo que posso fazer para agradecer a presença das pessoas. 🙂

Em suma. I’m just having fun, apesar de levar isto bem a sério. E mais uma vez obrigado a quem esteve presente, desde a falar comigo a simplesmente a curtir. 🙂

Playlist desta noite será postada de seguida daqui a alguns minutos.

Advertisements

~ by Azelpds on October 29, 2006.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s