The L Word? eh?

bscap0008.jpg

Ora bem, The L Word é uma série de TV que nos Estados Unidos já vai na quarta season (que começa em Janeiro de 2007) e recentemente acabou a segunda season na nossa cara TV2. A série centra-se num grupo de mulheres, maioritariamente lésbicas, e na relação entre elas, na comunidade e várias outras coisas que por agora não vale a pena falar. A início nunca liguei a esta série devido às publicidades centradas apenas nas cenas intímas entre as actrizes, mas um dia por mero acaso a fazer zapping deixei a televisão ligada no canal 2 e voilá, dois episódios depois fiquei agarrado, com a série a ser muita boa, não por eventuais cenas físicas e de sexo, mas sim pela interacção entre as várias personagens, os conflitos, dramas, romances e por aí adiante. E quanto mais avançam, mas fica séria e centrada nas personagens, com as cenas físicas a ficarem cada vez mais em segundo e terceiro plano ou wtv.

Outra curiosidade é a importância notória dada à componente sonora na série, a tal ponto que até podem vislumbrar concertos e presenças nalgumas episódios de artistas como a Peaches, as The Organ ou Sleater-Kinney só para dar alguns exemplos.

Agora o que isto tem a ver com este site e porque estou a falar nela? Por um lado porque vou juntar aqui outro projecto que antes estava a tentar fazer separado, que focava-se em escrever artigos sobre coisas que gosto e que ache que vale a pena divulgar, por outro raramente tinha tempo para fazer updates do género noutro site, então o melhor é mesmo meter tudo aqui e assumir de vez isto como central.

Mas outras das razões para este novo update, e eventualmente a principal, é porque já fiz a tal nova variante do set de apresentação que estou a usar actualmente para dar e mostrar a pessoas o que pode ser uma noite Cellophane, com algumas mudanças mínimas, entre elas o começo do CD ser um sample retirado precisamente de um dos episódios da terceira Season de L Word. Em qualquer das seasons há vários episódios marcantes e diálogos fixes para aproveitar samples, mas para quem já viu a terceira talvez perceba porque pode ter ainda mais, dependendo dos pontos de vista. Fora isso, as outras mudanças minímas ocorreram na parte electrónica, quando começa a ser mais “hard” de modo a essa sequência a ser totalmente non stop e não ter uma faixa electro no meio como antes, assim como duas faixas diferentes no final do CD, por motivos pessoais e porque adoro as mesmas. Quem quiser pode encontrar esta tal versão actual do set no link do costume. 🙂

Advertisements

~ by Azelpds on October 22, 2006.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

The L Word? eh?

bscap0008.jpg

Ora bem, The L Word é uma série de TV que nos Estados Unidos já vai na quarta season (que começa em Janeiro de 2007) e recentemente acabou a segunda season na nossa cara TV2. A série centra-se num grupo de mulheres, maioritariamente lésbicas, e na relação entre elas, na comunidade e várias outras coisas que por agora não vale a pena falar. A início nunca liguei a esta série devido às publicidades centradas apenas nas cenas intímas entre as actrizes, mas um dia por mero acaso a fazer zapping deixei a televisão ligada no canal 2 e voilá, dois episódios depois fiquei agarrado, com a série a ser muita boa, não por eventuais cenas físicas e de sexo, mas sim pela interacção entre as várias personagens, os conflitos, dramas, romances e por aí adiante. E quanto mais avançam, mas fica séria e centrada nas personagens, com as cenas físicas a ficarem cada vez mais em segundo e terceiro plano ou wtv.

Outra curiosidade é a importância notória dada à componente sonora na série, a tal ponto que até podem vislumbrar concertos e presenças nalgumas episódios de artistas como a Peaches, as The Organ ou Sleater-Kinney só para dar alguns exemplos.

Agora o que isto tem a ver com este site e porque estou a falar nela? Por um lado porque vou juntar aqui outro projecto que antes estava a tentar fazer separado, que focava-se em escrever artigos sobre coisas que gosto e que ache que vale a pena divulgar, por outro raramente tinha tempo para fazer updates do género noutro site, então o melhor é mesmo meter tudo aqui e assumir de vez isto como central.

Mas outras das razões para este novo update, e eventualmente a principal, é porque já fiz a tal nova variante do set de apresentação que estou a usar actualmente para dar e mostrar a pessoas o que pode ser uma noite Cellophane, com algumas mudanças mínimas, entre elas o começo do CD ser um sample retirado precisamente de um dos episódios da terceira Season de L Word. Em qualquer das seasons há vários episódios marcantes e diálogos fixes para aproveitar samples, mas para quem já viu a terceira talvez perceba porque pode ter ainda mais, dependendo dos pontos de vista. Fora isso, as outras mudanças minímas ocorreram na parte electrónica, quando começa a ser mais “hard” de modo a essa sequência a ser totalmente non stop e não ter uma faixa electro no meio como antes, assim como duas faixas diferentes no final do CD, por motivos pessoais e porque adoro as mesmas. Quem quiser pode encontrar esta tal versão actual do set no link do costume. 🙂

~ by Azelpds on October 22, 2006.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s